Thomas Beattie é o quarto futebolista profissional a assumir publicamente a sua homossexualidade e o primeiro a fazê-lo em Inglaterra, 30 anos depois de Justin Fashanu, em 1990. Além de Fashanu e Beattie, só o alemão Thomas Hitzlsperger e o norte-americano Robbie Rogers o fizeram.

Numa publicação no Instagram, o antigo jogador do Hull City admitiu que nunca foi capaz de assumir a sua orientação sexual enquanto jogava.

"Nunca pensei em 'sair do armário' enquanto jogava. Sentia que tinha que sacrificar uma das duas partes de mim: quem sou, ou o desporto que amei durante toda a minha vida", começou por dizer Thomas Beattie.

"Usava o futebol como uma válvula de escape e salvou-me em muitos aspetos até ao ponto em que alcancei uma certa maturidade. É um processo novo e que me vai levar algum tempo. Como atleta, ninguém te ajuda a falar de algo assim, é por isso que decidi partilhar a minha história", acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.