O Jiansu Suning sagrou-se hoje pela primeira vez campeão chinês de futebol, depois de vencer no segundo jogo da final o Guangzhou Evergrande, que detinha o título, por 2-1, em Suzhou.

Depois do nulo no primeiro embate, o italiano Éder deu vantagem ao Jiansu Suning aos 45+3 minutos, numa altura em que o Guangzhou Evergrande já atuava com menos uma unidade, por expulsão de He Chao (45+1).

Na segunda parte, logo aos 47 minutos, o brasileiro Alex Teixeira aumentou a vantagem, enquanto o Guangzhou Evergrande ainda conseguiu reduzir a diferença os 61, por Wei Shihao.

O Jiansu Suning, comandado pelo romeno Cosmin Olaroiu, festejou o primeiro título chinês de sempre, depois de já ter sido vice-campeão em 2012 e 2016, precisamente atrás do Guangzhou Evergrande, agora treinado pelo italiano Fabio Cannavaro.

Esta temporada, o campeonato chinês teve uma fase regular mais curta, com as equipas dividas em dois grupos, e depois foi decidido através de ‘play-off’, devido à pandemia da covid-19.

O Shanghai SIPG, do técnico Vítor Pereira, terminou a prova no quarto lugar, enquanto o Wuhan Zall, que contou com o central Daniel Carriço, que fez 11 jogos e marcou um golo, ficou no 15.º e penúltimo lugar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.