Depois da desistência do JGM do Huambo e da confirmação da despromoção do 1.º de Maio de Benguela, ao Girabola2018 falta encontrar o último despromovido e o campeão nacional, que será entre 1.º de Agosto ou Petro de Luanda.

Quando faltam duas jornadas para o fim da prova, a última equipa a descer de divisão sairá entre Domant do Bengo, Recreativo da Caála e Cuando Cubango FC.

A formação das terras do “Jacaré Bangão” está em 14.º, com 22, os caalenses são 13.º, com 24, enquanto a turma Cuando Cubango é 12.º, com 25.

O Domant e a Caála ainda têm um jogo em atraso, curiosamente com o mesmo adversário, 1.º de Agosto, desafios extremamente difíceis para cada um dos contendores, uma vez que defrontarão o líder da competição, com grande hipótese de conquistar o título pela terceira vez consecutiva.

Nas duas últimas jornadas, a equipa do Dande desloca-se ao terreno do Desportivo da Huíla (7º/33pts) e termina em casa, na recepção ao Interclube (3º/42), ao passo que a Caála recebe a Académica do Lobito (5º/37) e o Desportivo da Huíla. Já o Cuando Cubango joga primeiro no seu terreno com o Recreativo do Libolo (4º/37) e ultima com o 1.º de Agosto, no 11 de Novembro.

Com certeza será uma luta renhida para se encontrar o último acompanhante dos proletários, que ficaram sem possibilidades de se manterem na primeira divisão, após a última derrota frente ao Kabuscorp do Palanca, por 2-4.

O 1.º de Maio é 15.º, com 19 pontos, e folga na 30.ª jornada, por imperativo de calendário.

Trata-se da quarta vez que os benguelenses atingem a despromoção, depois de 2011, 2014 e 2016, mas nesta última edição teve a “graça” da desistência do Benfica de Luanda e foi convidada a participar na edição de 2017.

Já na luta pela conquista do troféu, os polícias, com a derrota diante do 1.º de Agosto (0-2), deixaram à mercê dos militares e petrolíferos. A formação do Rio Seco lidera com 49 pontos, mais dois que o Petro.

A formação do Rocha Pinto, que até à penúltima jornada da primeira volta liderava a prova, tem apenas a hipótese de conseguir a segunda posição.

A ronda 28, disputada no último fim-de-sema, registou os seguintes resultados:

Académica do Lobito-FC Bravos do Maquis, 3-1

Sporting de Cabinda-Progresso do Sambizanga, 1-2

Domant FC-Recreativo da Caála, 0-0

Libolo-Sagrada, 2-1

Kabuscorp-1º de Maio, 4-2

1º de Agosto-Interclube, 2-0

Falta jogarem Petro de Luanda e Desportivo da Huíla (dia 11). O Cuando Cubango folgou por imperativo de calendário.

Próxima jornada (penúltima)

Caála-Académica do Lobito

Maquis-Kabuscorp

1º de Maio-Sporting de Cabinda

Cuando Cubango FC-Libolo

Sagrada Esperança-1º de Agosto

Interclube-Petro de Luanda

Desportivo da Huíla-Domant

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.