O Progresso do Sambizanga conseguiu, esta quarta-feira, uma vitória histórica ante o Kabuscorp do Palanca, ao vencer, por 4-0, em jogo da 27.ª jornada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão, disputado no estádio dos Coqueiros, em Luanda.

É primeira vez que os sambilas derrotam a turma da Palanca pelo referido resultado, desde o inicio dos confrontos entre si em 1998.

Chiló teve a honra de abrir o marcador aos 25 minutos e fixar o resultado aos 63 para (4-0), mas antes Eric, aos 39, e Beiby, aos 51 minutos, haviam marcado o segundo e terceiro tentos a favor dos sambilas.

No iniciou do encontro, o Kabuscorp foi o primeiro a dar mostra de perigo, com Nelito a roçar uma bola na barra de Titi.

No mesmo instante, foi a vez de Filhão, que após receber um passe de Lami, tentou chutar, mas atrapalhou-se .

A partida prosseguia, a turma do Palanca era a mais ofensiva, no entanto pecava na finalização.

A formação do Sambizanga reagiu apenas aos oito minutos com um remate de Maripia a passar próximo do poste esquerdo de Josué. Depois foi a vez de Megue a insistir no ataque, mas rematou a figura de Josué, aos 11 minutos.

O primeiro golo dos anfitriões surgiu aos 25 minutos, Chiló viu-se privilegiado de uma falha do guarda redes Josué e inaugurou o marcador.

Neste período, o Progresso dominava o duelo e a turma do Palanca tentava reencontrar-se, mas viu-se sem força para contrapor aos ataques contrário, daí que voltou a sofrer o segundo golo aos 39 minutos, num lance que o avançado do Progresso Eric rematou forte sem dar hipótese de defesa a Josué, levando a vantagem para 2-0 ao intervalo.

No reatamento, o Kabuscorp procurava as oportunidades para restabelecer a igualdade, mas aos 51 minutos Beiby após “tabelar com Chiló ampliou para três a vantagem (3-0).

A partir daí, assistia-se um Kabuscorp sem entrosamento, perdia vários lances na zona do meio campo, até que Chiló voltou a marca no encontro, fazendo o bis aos 63 minutos. Os pupilos de Hélder Teixeira estiveram perto do quinto tento, através de uma grande penalidade, mas Josué evitou que o feito se consumasse aos 82 minutos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.