O Kabuscorp do Palanca empatou este sábado a uma bola diante do 1º de Maio de Benguela, em jogo da 11ª jornada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão.

No estádio dos Coqueiros, a formação do Palanca começou a perder, com golo de Gerson aos 22 minutos, tendo chegado ao empate por Breco aos 48'.

Nas reações ao jogo, o técnico dos líderes, Edouard Antranik, começou por lamentar o segundo empate da sua equipa. «Conseguimos empatar, e daí não passámos. É preocupante esta situação porque os nossos seguidores continuam a somar pontos e estes empates têm de acabar», rematou.

Pela formação de Benguela foi o técnico-adjunto, Artur Diniz, quem comentou a partida, considerando o empate um desfecho justo. «O jogo foi muito difícil, pela diferença de plantéis e condições que as formaçoes apresentam, mas empatar aqui é muito interessante e acaba por ser justo, por aquilo que demonstrámos em campo», finalizou.

Nesta mesma jornada, o 1º de Agosto venceu no Lubango o Desportivo da Huíla, por 2-1 e o Bravos do Maquis venceu em casa o Recreativo da Caála, por 1-0.

Outros resultados:

Porcelana – Benfica de Luanda, 0-0

FC Bravos do Maquis – Recreativo da Caála, 1-0

Desportivo da Huíla – 1º de Agosto, 1-2

ASA – Interclube, 1-2

Kabuscorp – 1º de Maio de Benguela, 1-1

Atlético do Namibe – Progresso do Sambizanga, 0-0. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.