As limitações no plantel do Recreativo do Libolo, da província do Cuanza Sul, não será um fator impeditivo para conseguir uma vitória, domingo, na 17ª jornada do campeonato angolano da primeira divisão futebol (Girabola2015), frente ao Kabuscorp, afirmou o seu técnico principal, João Paulo Costa.

O treinador fez esta declaração hoje, sábado, à Angop, no final do último treino da equipa do Cuanza Sul, realizado no campo da Academia de Futebol da Angola (AFA).

De acordo com o técnico de nacionalidade portuguesa, a limitação da equipa está relacionada com as lesões de jogadores “nucleares”, como Landú (guarda-redes), Rudy (avançado), Natael (lateral esquerdo), assim como o afastamento, por acumulações de cartões amarelos, do defesa Carlitos.

Apesar desta situação, referiu, a equipa está motivada e trabalhar no sentido de derrotar o adversário, mesmo em sua casa. “Somos um grupo e devemos contar com todo plantel, a ausência de um membro não pode condicionar o nosso objectivo de vencer todos desafios da segunda volta do Girabola/2015”, sublinhou.

Durante os 90 minutos de treino, a equipa do Libolo trabalhou os aspetos técnicos e táticos, com destaque para as jogadas rápidas e remates à baliza.

A partida contra o Kabuscorp está marcada para as 15h30, na Cidadela Desportiva, e será dirigida pelo árbitro internacional Hélder Martins.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.