O Al-Nassr, treinado pelo português Luís Castro, que não convocou Cristiano Ronaldo, empatou hoje 1-1 na última jornada do Grupo E da Champions asiática de futebol, frente ao Istiklol, do Tajiquistão, mas já estava apurado.

Luís Castro apresentou um 'onze' inicial apenas constituído por jogadores sauditas, deixando no ‘banco’ alguns dos estrangeiros, como o português Otávio, o brasileiro Anderson, o espanhol Aymeric Laporte, o senegalês Sadio Mané e o costa-marfinense Seko Fofana.

O treinador luso não chegou sequer a convocar Cristiano Ronaldo, para o poupar, além do médio croata Marcelo Brozovic e do brasileiro Alex Telles.

O Istiklol adiantou-se no marcador aos 32 minutos, pelo médio Alisher Dzhalilov, mas o Al-Nassr restabeleceu o empate aos 50, pelo médio Abdulrahman Ghareeb.

O internacional português Otávio ainda foi lançado em jogo, aos 90+1 minutos, a render Abdulmajeed Al Sulaiheem, ainda a tempo de ver uma cartão amarelo, aos 90+4, além de Talisca e Seko Fofana, que entraram aos 74 e aos 85, respetivamente.

O Al-Nassr venceu o grupo, assegurando o apuramento para a fase seguinte, com 14 pontos, seguido dos iranianos do Persepolis, com oito, do Al-Duhail, com sete, e do Istiklol, com três.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.