Foi divulgado mais um excerto da entrevista que Luis Rubiales concedeu a Piers Morgan e ao jornal The Sun, em que o ex-presidente da federação espanhola fala sobre o polémico beijo à jogadora Jenni Hermoso.

"As minhas intenções eram nobres, entusiásticas, 100% não sexuais, 100%, repito, 100%", garantiu.

"Não houve nenhum conteúdo sexual, nenhuma agressão, nada disso. O significado do beijo à Jenni teria sido exatamente o mesmo que o de um beijo a uma das minhas filhas. Entre amigos e familiares, isso é muito, muito comum", atirou.

"Cometi um erro, peço desculpa, mas sejamos claros: em circunstância alguma se trata de uma agressão sexual. Tenho plena confiança de que a verdade virá ao de cima e tudo ficará bem. Olhem para a minha cara, sou um bom tipo", acrescentou.

Outro gesto que causou indignação em Espanha foi o momento em que Rubiales agarrou os genitais, eufórico, ao lado da rainha.

"Estou muito envergonhado com isto... Não há desculpas. Em Espanha, tanto para os homens como para as mulheres, existe uma expressão que provavelmente se traduziria em algo como 'olé, mis huevos' ou algo do género. Esta expressão vulgar significa basicamente: bravo, muito bem. Peço desculpa porque não é o comportamento que devia ter tido", disse.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.