Tal como já andava a ser noticiado, Hazard vai mesmo colocar um ponto final à carreira internacional pela Seleção da Bélgica.

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

O anúncio foi feito esta manhã pelo extremo do Real Madrid com uma mensagem de despedida e agradecimento nas redes sociais:

"Uma página que se vira hoje. Obrigado pelo vosso amor e apoio incomparável. Obrigado por toda esta felicidade que partilhámos desde 2008. Decidi terminar a minha carreira internacional. A sucessão está pronta. Vou sentir falta", pode ler-se nas redes sociais.

Hazard foi um dos nomes incontornáveis do futebol belga nas duas últimas décadas. Com 126 internacionalizações, o jogador de 31 anos marcou 33 golos.

Neste Mundial, foi titular nos jogos com Canadá (vitória por 1-0) e Marrocos (derrota por 2-0), saindo perto da hora de jogo, e foi suplente utilizado, por poucos minutos, no nulo com a Croácia.

No final desse mesmo jogo, o avançado tinha manifestado dúvidas em relação à sua continuidade na equipa nacional, referindo que iria de férias e refletiria sobre a situação, numa fase da carreira muito inconstante.

A Bélgica terminou o Grupo F em terceiro lugar, atrás de Marrocos e Croácia, falhando o apuramento para os oitavos de final, depois de, em 2018, a equipa belga ter sido terceira classificada, na competição na Rússia.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.