O Celta de Vigo garantiu virtualmente a permanência na Liga Espanhola na semana passada, apesar da derrota com o Athletic Bilbau. A equipa está a preparar o derradeiro encontro da época frente ao despromovido Rayo Vallecano nos Balaidos mas esta não está a ser uma semana fácil.

O dia-a-dia do clube está a ser marcado por vários acontecimentos surreais para um clube de futebol de elite, com episódios caricatos, o que demonstra e bem a falta de profissionalismo de alguns atletas.

O jornal 'Marca' escreve que na tarde de segunda-feira, a Polícia Municipal de Vigo recebeu uma queixa contra o marroquino Sofiane Boufal e o argelino Ryad Boudebouz. Os dois jogadores - estão ambos a cumprir o Ramadão - foram apanhados a circular numa mini-moto em excesso de velocidade numa zona de praia. Os dois médios não tinham permissão para conduzir esse tipo de motorizada.

Na terça-feira foi a vez de Emre Mor dar 'dores de cabeça' aos dirigentes galegos. O jogador turco publicou um vídeo nas redes sociais, gravado há cerca de um mês, quando estava lesionado, com uma entorse no tornozelo. Emre Mor aparece a correr e a saltar para a piscina da sua vivenda.

Para completar o 'ramalhete', Pione Sisto reconheceu, esta quarta-feira, ter tentado fazer uma dieta de 21 dias a base de frutas. O extremo dinamarquês sublinhou, nas redes sociais, que teve de desistir, porque apresentava uma preocupante debilidade física nos treinos.

Até agora o Celta de Vigo ainda não se pronunciou sobre estes incidentes mas os atletas envolvidos não deverão escapar a uma multa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.