O defesa esquerdo internacional português Antunes afirmou hoje que vai “dar tudo”, ao serviço dos espanhóis do Getafe, para conseguir um lugar na seleção portuguesa de futebol que vai disputar o Mundial de 2018.

“Neste momento, o mais importante é fazer bem as coisas aqui, porque se não fizer as coisas bem aqui, posso esquecer a seleção”, disse Antunes, de 30 anos, que chegou ao Getafe no último verão, proveniente dos ucranianos do Dinamo de Kiev.

Segundo Antunes, que expressou no sítio do Getafe o desejo de ficar mais temporadas no clube madrileno, a formação das ‘quinas’ tem “jogadores de muita qualidade” e “há muita concorrência”.

“Gostaria de ir ao Mundial, mais ainda porque seria o meu primeiro. Representei muitas vezes Portugal, mais nunca tive a oportunidade de jogar um Europeu ou Mundial. Falho sempre no último minuto, pelo que vou dar tudo para que, desta vez, seja possível ser chamado”, disse o lateral luso.

Quanto ao Getafe, que segue no oitavo ligar da Liga espanhola, com 23 pontos, após 18 jornadas, Antunes faz um balanço “positivo” da prestação da equipa e espera que 2018 traga mais pontos e vitórias.

“Queremos continuar a somar pontos, porque sabemos que a Liga espanhola é muito difícil. Temos que aproveitar o atual bom momento, porque as coisas podem mudar”, finalizou.

Na presente temporada, Antunes cumpriu 15 jogos na Liga espanhola, não tendo qualquer golo marcado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.