O Barcelona renovou por um ano o contrato de patrocínio com a Qatar Airways. A ligação entre os catalães e a companhia área árabe terminou na época passada mas os dois resolveram prolongar o contrato por mais um ano, mantendo as mesmas condições.

Isso quer dizer que a Qatar Airways vai pagar 35 milhões de euros até 30 de junho de 2017.

Javier Faus, ex-vice diretor financeiro do Barcelona, e Jose Maria Bartomeu, presidente do clube, tinham afirmado na época passada que não iriam aceitar valores abaixo dos 65 milhões de euros por ano de patrocínio na camisolas mas não conseguiram convencer nenhuma entidade a gastar esse valor para ter o seu nome na camisola do clube.

O contrato agora celebrado com a Qatara Airways mantém o Barcelona com margem de manobra no futuro já que no próximo ano estará livre para voltar a negociar o patrocínio principal na camisola. Em Espanha a imprensa afirma que a Amazon é quem está melhor posicionado para ganhar este espaço.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.