A equipa catalã, que sentiu grandes dificuldades para ultrapassar a organização defensiva do Almeria e acabou o jogo com o "credo na boca" face à reacção final do adversário.

O jovem jogador da “cantera”, que se estreou a marcar na prova, salvou o FC Barcelona, já que as “estrelas” estiveram desinspiradas, nomeadamente Lionel Messi e o sueco Zlatan Ibrhimovic, que, depois de ter marcado nas cinco primeiras rondas, ficou hoje em “branco”.

Mesmo longe do fulgor habitual, o “Barça” manteve o seu trajecto 100 por cento vitorioso, ficando agora a aguardar pelo que o Real Madrid fará domingo no reduto do Sevilha, onde se apresentará sem Cristiano Ronaldo, vítima de um traumatismo, com entorse, no joelho direito.

A equipa da Andaluzia é terceira classificada, com 12 pontos e vem de seis vitórias consecutivas, as duas últimas bem expressivas - 4-0 ao Athletic de Bilbau e 4-1 ao Glasgow Rangers -, enquanto o Real Madrid partilhava a liderança com o “Barça”, com 15 pontos.

No outro jogo antecipado para hoje, o Deportivo da Corunha foi a Tenerife vencer também por 1-0, graças a um golo do defesa central Colotto, alcançando o Sevilha na terceira posição da tabela classificativa, com 12 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.