O FC Barcelona perdeu hoje no terreno do Cadiz por 2-1, na 12.ª jornada da Liga espanhola de futebol, com a formação catalã a somar a quarta derrota dos catalães em 10 jogos disputados (tem dois encontros em atraso).

O avançado espanhol Álvaro Giménez adiantou a turma da casa aos oito minutos, e o marcador não mexeu mais até ao intervalo, mas um autogolo do defesa Pedro Alcalá, aos 57, repôs a igualdade, com o veterano ponta de lança Álvaro Negredo, que entrou para o lugar de Álvaro Jiménez aos 62 minutos, a fazer o golo da vitória logo no minuto seguinte.

Os comandados de Ronald Koeman, que lançou em jogo o extremo português Francisco Trincão aos 77 para o lugar do defesa norte-americano Sergiño Dest, seguem no sétimo lugar com 14 pontos, enquanto o Cadiz está em quinto com 18, mas já com 12 partidas jogadas.

Nos outros jogos do dia em Espanha, o Atlético Madrid, com João Félix a entrar na segunda parte, subiu provisoriamente à liderança da Liga espanhola de futebol, depois de receber e vencer o Valladolid, de Jota, por 2-0, na 12.ª jornada.

Com este resultado, a formação de Madrid passou a liderar provisoriamente a Liga espanhola com 26 pontos, mais dois do que a Real Sociedad, que no domingo atua no terreno do Alavés.

Por seu lado, o Valladolid segue no 19.º e penúltimo posto, com 10 pontos.

Antes, o Real Madrid regressou aos triunfos no campeonato, ao vencer em Sevilha, por 1-0, num jogo que ficou decidido por um erro do guarda-redes da equipa da casa.

Depois de três jogos sem vencer na prova, incluindo duas derrotas, os campeões espanhóis bem podem agradecer ao guardião marroquino Bono, que introduziu a bola na sua própria baliza, na tentativa de a agarrar num centro rasteiro, aos 55 minutos.

A formação da capital espanhola igualou o Villarreal, com 20 pontos, no terceiro lugar.

Por seu lado, o Sevilha, do antigo técnico do FC Porto Julen Lopetegui, que já tinha sido goleado pelo Chelsea (4-0) durante a semana, para a ‘Champions', segue no sexto posto, com 16 pontos.

No primeiro jogo do dia, o Levante, com o defesa português Rúben Vezo a tempo inteiro, recebeu e bateu o Getafe, por 3-0, e abandonou os lugares de despromoção. Foi a primeira vitória caseira da equipa da zona de Valência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto