Barcelona e Manchester City vão medir forças num encontro particular, a 24 de agosto, cujos lucros reverterão a favor de pessoas que sofrem de esclerose lateral amiotrófica e a promover o encontro estiveram Joan Laporta, presidente do clube catalão, e Pep Guardiola, treinador dos campeões ingleses. Bernardo Silva, internacional português do City apontado ao Barça foi, naturalmente, tema de conversa.

"Vamos a esse jogo com todas as nossas armas", começou por garantir Guardiola. Laporta, em jeito de provocação bem-humorada, questionou: "Bernardo Silva também virá nesse lote de craques?". Mas Guardiola não se ficou e respondeu, perentório: "Será ele e mais dez!".

City quer mais de 90 milhões de euros para abrir mão de Bernardo Silva
City quer mais de 90 milhões de euros para abrir mão de Bernardo Silva
Ver artigo

Mais a sério, Guardiola continuou a debruçar-se sobre a possível saída de Bernardo Silva do clube de Manchester: "Ao dia de hoje, acredito que irá continuar connosco. Sempre digo que não quero jogadores que não queiram cá estar, mas acredito que irá continuar".

Quanto a Laporta, não quis aprofundar o assunto e sobre o futuro do Barcelona garantiu apenas que o clube catalão está em formar uma equipa competitiva. "Hoje não é para falar de jogadores", sublinhou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.