A Comissão Delegada da La Liga anunciou, esta sexta-feira, que todos os clubes do campeonato espanhol devem executar um Expediente de Regulação Temporal de Emprego (ERTE) para fazer face à crise provocada pela COVID-19. Significa isto que serão reduzidos salários de jogadores, equipas técnicas e funcionários de todos os emblemas da La Liga.

Em comunicado, a Comissão Delegada da La Liga diz tratar-se "exercício de responsabilidade necessário para preservar um setor que representa 1,37% do PIB e emprega 185 mil pessoas" e que ajudará a "atenuar o impacto negativo que a COVID-19 está a produzir no setor".

Recorde-se que Barcelona e Atlético Madrid, ambos com cortes na ordem dos 70%, e também Espanhol e Bétis já tinham anunciado uma redução salarial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.