Borja Garcés deverá voltar ao Atlético Madrid, na sequência de um incidente no Leganés. O jogador decidiu faltar ao jogo com o Tenerife, um adversário direto do Leganés, para poer ir ao casamento do irmão em Melilla.

A imprensa espanhola escreve que o jogador de 22 anos tinha autorização dos dirigentes do clube mas o treinador do Leganés, Asier Garitano tem outra versão da história.

"Eu explico muito bem o tema do Borja. Há dois dias pediu-me autorização para assistir ao casamento do irmão. Não lhe dei autorização porque tínhamos treino. Sei que também fez esse pedido ao clube e o clube respondeu-lhe que não podia ir. Sem autorização do clube e do treinador, o Borja faltou ao treino e foi ao casamento em Melilla. Isso parece-me uma aberração. Enquanto aqui estiver aqui, esse rapaz não volta a vestir a camisola do Leganés", garantiu Garitano.

A imprensa espanhola garante, citando fontes próximas do atleta, que Borja Garcés contava voltar a Madrid a tempo do jogo, após a cerimónia de casamento do irmão, mas que acabou ficar quando soube que não seria convocado.

O Leganés perdeu com o Tenerife por 2-1, ocupando neste momento o 20.º posto da II Liga Espanhola.

Borja Garcés está no Leganés, por empréstimo do Atlético Madrid.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.