Jorge Mendes já terá falado com a juíza encarregue de investigar o caso da alegada fraude fiscal de Cristiano Ronaldo informando-a de que nada tem ou teve a ver com os quatro delitos que recaem sobre o jogador português.

Segundo o jornal AS, o empresário desportivo falou com Mónica Gómez Ferrer através de videoconferência, uma vez que está de partida para Paris onde vai assistir à gala de entrega da Bola de Ouro pela revista France Football onde Ronaldo é o grande favorito.

Recorde-se de que o jogador português é acusado de ter cometido quatro crimes de fraude fiscal num valor de 14, 7 milhões de euros. O avançado do Real Madrid já foi ouvido em tribunal onde garantiu que nada fez de ilegal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.