A notícia da pretensão de Lionel Messi querer deixar o Barcelona caiu que nem uma 'bomba' em Espanha. Contudo, e segundo o jornal 'Sport', o emblema catalão não reconhece a cláusula que o argentino está a invocar para a sua saída 'limpa'.

A cláusula em causa diz respeito à possibilidade de o argentino rescindir unilateralmente o contrato com o clube catalão no final de cada época. Essa alínea existe, mas a interpretação da mesma é que está a dar que falar na imprensa espanhola.

Lionel Messi entende que a temporada termina apenas em agosto - depois do final da Liga dos Campeões -, devido ao atraso por causa da COVID-19, o Barcelona entende que a data de final da temporada não foi alterada, continuando a ser 30 de maio.

Ainda de acordo com a publicação, o Barcelona não está disponível a aceitar o pedido feito pelos representantes legais do internacional argentino, pretendendo levar a questão até às últimas consequências.

Segundo a perspetiva do Barcelona, o clube continua a querer os 700 milhões de cláusula de rescisão, sem intenção de facilitar a saída do craque.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.