Pep Guardiola, em conferência de imprensa, rejeitou a ideia de que as constantes quezílias com José Mourinho tenham influenciado de algum modo a sua decisão de sair do Barcelona.

«Mourinho não influenciou em nada a minha decisão, nem tem nada que ver com o meu desgaste. O que me desgasta é o dia a dia, os treinos e o ter ganho tantos títulos aqui», disse um confiante Guardiola.

Sobre o facto de o seu adjunto o suceder no cargo de técnico principal, Guardiola referiu que o seu colega está «muito entusiasmado» e lembrou a importância deste em todos os títulos conquistados nos últimos anos pelo clube blaugrana.

«Tito está muito entusiasmado. Eu sem ele não tinha conseguido nada. Ele faz parte destes 13 títulos. A nossa relação não mudou nada, pois temos uma amizade de há longo tempo. Vejo com felicidade o facto de um amigo, um companheiro ter a oportunidade de treinar o Barça e de se sentir com força e coragem para isso», concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.