Os planos de remodelar o Santiago Bernabéu chegaram a bom porto. O Real Madrid chegou a acordo com a câmara municipal de Madrid para aprovar os planos de construção do recinto desportivo. Com efeito, o plano definitivo do que vai ser alterado deve ser conhecido muito brevemente.

A intenção de remodelar o Estádio Santiago Bernabéu não é de agora. Os ‘merengues’ já tinham apresentado uma proposta, mas foi chumbada por ocupara espaços públicos do Passeio da Castelhana. A intenção do clube espanhol era acrescentar um hotel de luxo junto aos terrenos do estádio. Perante esta situação, os arquitetos responsáveis reviram os planos e alteraram a disposição. O hotel ficou riscado da equação deixando livre os espaço da avenida madrilena.

O Real Madrid quer começar as obras no próximo verão. De acordo com as previsões ‘merengues’, as remodelações devem durar perto de dois anos e meio e vai acrescentar várias novidades ao reduto da equipa. O Santiago Bernabéu vai ‘receber’ uma cobertura amovível, uma zona VIP e vai aumentar as zonas comerciais. O museu do Estádio, um dos mais visitados, vai ser ampliado e modernizado. A etiqueta de preço destas modernizações está fixado nos 400 milhões de euros.

As remodelações não vão ser unicamente físicas, o estádio Santiago Bernabéu vai mudar de nome. O acordo de mudar o ‘naming’ do estádio com o fundo IPIC já não é de agora e está concluído há mais de um ano. A empresa é dona da petrolífera e quer introduzir a marca no universo ‘blanco’.

O Real Madrid acordou mudar o nome do estádio para IPIC Santiago Bernabéu ou Cepsa Santiago Bernabéu desde que o fundo pague o financiamento das obras. A decisão final sobre o nome do estádio ainda não foi tomada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.