A Polícia Espanhola esteve na residência do futebolista Rúben Semedo a fazer buscas, na sequência da detenção do defensa português do Villarreal. De acordo com o jornal 'Las Provincias', as autoridades espanholas encontraram uma pistola, que o defesa terá usado na agressão a que foi protagonista.

"A arma de fogo incrimina o futebolista nos factos investigados e em outros dois episódios violentos que protagonizou com o primo, alegadamente, nos últimos meses em locais de diversão na cidade de Valência", escreve o jornal.

Escreve a mesma publicação que, após examinar todas as dependências, a Polícia encontrou uma discoteca na cave da residência do jogador.

A arma foi levada para um laboratório onde agora será analisada para se determinar se terá sido utilizada nalgum dos delitos que o jogador é acusado. Depois de os agentes lhe terem lido os seus direitos, o ex-jogador do Sporting foi levado para a esquadra de Patraix onde será interrogado.

Diz o jornal 'Las Provincias' que um primo de Semedo também está implicado nas as agressões. Um outro indivíduo foi também identificado pela Guarda Civil espanhola.

O português foi detido na madrugada do dia 11 de fevereiro. O jogador é suspeito de ter cometido delitos de “agressão e sequestro (retenção de pessoa contra a sua vontade)”. Segundo a imprensa local, a pessoa que apresentou queixa a 12 de fevereiro último afirmou que Semedo e outros dois homens, depois de o terem atado, agredido e imobilizado, foram ao seu apartamento com as suas chaves para roubar dinheiro.

A vítima identificou Rúben Semedo e um primo deste como duas das três pessoas que o atacaram e agrediram tendo provocado lesões várias no seu corpo que o obrigam a usar muletas para se deslocar.

O queixoso também declarou que um dos agressores disparou duas vezes com uma pistola para o intimidar, sem que estes o tenham atingido.

Ainda de acordo com a imprensa local, é a terceira vez nos últimos meses que o jogador português está envolvido em incidentes graves que estão a ser investigados pela polícia espanhola.

O empresário de Rúben Semedo, Catió Baldé, já veio a terreno defender o jogador.

Este não é o primeiro incidente do jogador sub-21 português desde que chegou ao Villarreal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.