Cristiano Ronaldo, que celebrou recentemente o seu 33.º aniversário, admitiu ter-se tornado num jogador diferente com o avançar da idade e que atualmente não pode fazer coisas que fazia quanto tinha 20 anos. Em entrevista à revista GQ de Itália, o jogador do Real Madrid diz que teve de fazer sacrifícios para se manter ao mais alto nível.

"A vida é um desafio em todos os pontos de vista. Tento estar ao mais alto nível do ponto de vista físico, porque isso é muito importante na minha profissão. Tenho de estar a 100 por cento, e esse é um assunto muito sério para mim. Para manter este nível é preciso fazer sacrifícios. Há certas coisas que fazia quando tinha 20 anos e que já não posso fazer, referiu o internacional português.

O avançado do Real Madrid confessou ainda estar muito feliz a nível pessoal e profissional.

"A nível pessoal este momento é fantástico. A família está em crescimento, sinto-me muito feliz com a minha vida. Ao nível profissional tive dois anos muito bons, em que ganhei títulos pelo meu clube e pela Seleção Nacional, e sinto que posso manter-me ao mais alto nível durante alguns anos", admitiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.