O Tribunal Arbitral do Desporto indeferiu o recurso apresentado pelo Málaga, pelo que o clube espanhol estará fora das competições da UEFA na próxima temporada.

A UEFA tinha excluído os espanhóis por dois anos, por incumprimento financeiro. O clube recorreu e viu a o órgão máximo do futebol europeu reduzir o segundo ano de suspensão.

Mas o TAS, para onde o Málaga também apresentou recurso, confirmou o primeiro ano de suspensão das provas da UEFA, por o clube andaluz não ter preenchido todos os requisitos financeiros.

Sendo assim, o Bétis, que já estava apurado para a Liga Europa, entra numa fase mais adiantada da competição e o Sevilha também se apura para a prova, apesar de ter sido nono. Isto porque o Rayo Vallecano que também se tinha apurado, fica fora da Liga Europa por ter sido afastado pela UEFA, também por incumprimento financeiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.