Tiago, que deverá ser um dos escolhidos para representar Portugal no Mundial da África do Sul, estreou-se a marcar na Liga espanhola aos 60 minutos do jogo, após os tentos iniciais de Juanito (22) e Diego Forlan (56).

O jogador luso, de 28 anos, não marcava para um campeonato principal desde a época de 2006/2007, a última em que foi campeão francês com o Lyon.

Seguiram-se duas épocas e meia de menor fulgor em Itália, com a Juventus, e o Atlético de Madrid surgiu na carreira do português no último “mercado” de inverno.

Simão também foi titular na formação dos "colchoneros", que quinta-feira recebem o Valência, para a segunda mão dos quartos de final da Liga Europa.

Com este resultado o Atlético Madrid mantém o 10.º lugar na Liga, agora com 40 pontos, a apenas um do Getafe e dois do Deportivo Corunha.

Quanto ao Real Madrid, regressou à liderança da prova ao ganhar, por 2-0, no terreno do Santander, com o primeiro golo a ser marcado pelo português Cristiano Ronaldo, de grande penalidade.

Com alguma pressão nesta jornada, depois da vitória do FC Barcelona sábado, o Real Madrid respondeu bem e igualou em pontos, 77, o rival catalão.

O terceiro lugar parece destinado ao Valência, que recebeu e venceu o Osasuna, por 3-0, e soma 56 pontos.

Os valencianos reforçaram o terceiro lugar, depois do empate (1-1) do seu perseguidor Maiorca em Almeria. Os insulares têm 48 pontos, os mesmos que o Sevilha.

Cristiano Ronaldo "criou" ele próprio a falta sancionada com grande penalidade. Aos 23 minutos o português rematou para o 1-0.

Na segunda parte o argentino Higuain elevou aos 76 minutos, não deixando nesta ronda que o seu compatriota Messi, do Barcelona, "fugisse" na lista dos melhores marcadores.

No próximo sábado os dois "gigantes" de Espanha defrontam-se em Madrid, no que é apontado como o jogo do título.

Em Valência o Osasuna, de José António Camacho, resistiu bastante, mas na segunda parte acabou por sofrer três golos, por Joaquin (47) e David Villa (89 e 90, este de grande penalidade).

Manuel Fernandes voltou a alinhar como titular na equipa "che".

Em Almeria o Maiorca, de Nunes, sofreu bastante para trazer um ponto: dominado desde os seis minutos, golo de Uche, só empatou aos 87, por Webo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.