Cristiano Ronaldo abriu o marcador frente a Suíça, na transformação de livre direto. O atacante da seleção de Portugal atirou forte e colocado, com o guarda-redes suíço Yann Sommer a não esboçar qualquer tentativa de defesa.

O capitão da seleção de Portugal aproveitou o facto de William Carvalho e Pepe estarem na barreira a taparem o ângulo de visão do guarda-redes para se estrear a marcar na Liga das Nações.

Ora este lance seria ilegal, de acordo com as novas regras de futebol do International Board, que entrarão em vigor em 2019/2020.

Antes de começar qualquer discussão, saiba que as regras de futebol mudaram para 2019/2020
Antes de começar qualquer discussão, saiba que as regras de futebol mudaram para 2019/2020
Ver artigo

Diz a lei 13 que na marcação de um livre, os atacantes não podem ficar no raio de um metro da barreira, quando esta é formada por três ou mais elementos. Se os jogadores estiverem neste espaço quando a bola é reposta em jogo, será marcado um livre indireto contra a equipa que estava a atacar.

Este foi o 86.º jogo de Ronaldo pela seleção, ele que não marcava por Portugal há quase um ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.