O FC Porto acabou derrotado por 2-0 pelo Chelsea em Sevilha, na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, e o resultado mereceu, naturalmente, destaque na imprensa um pouco por toda a Europa. Houve quem falasse do cinismo do conjunto londrino, de um Chelsea demasiado forte para os 'dragões' e de uma "lição de realismo" para os atuais campeões nacionais.

De Espanha vieram elogios, com 'A Marca' a falar de um "grande Porto", apesar da derrota. "Chelsea desfere dois golpes num grande Porto e fica mais perto das meias-finais", titula aquele jornal. Ainda no país vizinho, o 'As' dá conta das queixas de Sérgio Conceição para com o árbitro no final do encontro. "Conceição protesta contra a arbitragem", escreve aquela publicação.

Em Itália, a 'Gazzetta dello Sport' também fala de um "Golpe do Chelsea ao Porto", enquanto em França o 'France Football' diz que "O Chelsea deu uma lição de realismo ao FC Porto" e o 'L'Équipe' titula: "Chelsea pune Porto sem convencer".

Já em Inglaterra, o 'The Sun' fala num "Cruzeiro dos 'Blues'", que com os golos de Mount e Chilwell "tomaram conta da eliminatória". Por fim, o 'Mirror' sublinha que "o valor e a força do Chelsea foram demasiado para o Porto".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.