Diogo Costa está a candidadar-se para voltar a estar no Onze da Semana da Liga dos Campeões. O guardião dos campeões nacionais brilhou na vitória sobre o Club Brugge por 4-0 na Bélgica, e fez história em campo.

O dono da baliza portista defendeu uma grande penalidade de Vanaken, por falta de David Carmo, quando o o resultado estava 1-0. O árbito Mike Oliver mandou repetir porque Eustáquio entrou na área antes do remate do belga. Na repetição, foi Noah Lang a bater mas, mais uma vez, Diogo Costa brilhou e voltou a defender o penálti.

Foi o terceiro penálti defendido pelo guardião portista nos em cinco jogos da Champions. De acordo com dados da Opta, é a primeira vez que um guarda-redes defende três grandes penalidades numa única campanha da Champions.

Diogo já tinha defendido dois penáltis diante do Bayer Leverkusen.

O FC Porto goleou Club Brugge (4-0), em jogo da quinta jornada do Grupo B e ficou a um ponto do apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol.

Depois de ter perdido nas duas primeiras jornadas, o FC Porto somou o terceiro triunfo seguido, com os tentos de Taremi (33 e 70), Evanilson (57) e Eustáquio (60) a definirem a vitória em casa do já apurado Club Brugge, que ainda não tinha sofrido golos.

Os 'dragões' passaram a somar nove pontos, menos um do que os belgas, e pode festejar o apuramento ainda hoje se o Atlético de Madrid (quatro pontos) não vencer na receção ao Bayer Leverkusen (três), tendo já assegurado, pelo menos, o terceiro lugar e a presença na Liga Europa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.