Expulso por Wolfgang Stark do banco de suplentes depois de também Pepe ter visto a cartolina vermelha, José Mourinho indiciou em conferência de imprensa que o resultado da Liga dos Campeões e o seu vencedor está já decidido.

«Gostaria de saber de onde vem este poder do Barcelona. Devia ser futebolístico, mas isto não entendo e deve ter um sabor diferente ganhar deste modo. O sabor não é igual», começou por dizer o treinador do Real, que se mostrou frustrado por não encontrar uma resposta para o que se passou hoje em campo.

«O árbitro hoje foi uma coisa absolutamente incrível e não sei porquê.»

Questionado sobre a troca de palavras com Guardiola, Mourinho esclareceu a sua posição e expressou um desejo relativamente à carreira do treinador dos blaugrana:

«O Barcelona ganhou uma Champions com o escândalo de Stamford Bridge e este ano ganhará com o escândalo de Bernabéu. Guardiola merece ganhar uma Champions inteira. Respeito-o muito como treinador e pessoa, e desejo que possa ganhar uma Champions sem um escândalo por detrás», terminou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.