Apesar da vitória, José Mourinho admite que o Benfica dificultou a sua tarefa esta noite, elogiando a formação 'encarnada'.

"O Benfica esteve muito bem. A equipa esteve estável, o Rui apresentou um meio campo que nos pressionou e encurtou espaços, que não nos deixou jogar onde somos fortes. Foi apanhado numa situação quase de impotência, não tinha médios para meter, não tinha médios no banco para rejuvenescer as dinâmicas e não tinha muitas soluções para colmatar os amarelos do Douglas e do Rúben Dias. Na parte final do jogo conseguimos um penálti que nos deu tranquilidade, mas o Benfica obrigou-me a pensar o jogo de maneira diferente e quando assim é, há mérito", disse o técnico na zona de entrevistas rápidas.

O treinador português voltou a afirmar que o Benfica "é mais forte que o CSKA e o Basileia".

"Queremos ganhar os próximos dois jogos e chegar aos 18 pontos. Dizem-me que ainda não estamos qualificados. Se o Benfica puder beneficiar disso e qualificar-se com seis pontos, ótimo. Se for para a Liga Europa, ótimo também", acrescentou.

Recorde-se que o Benfica foi derrotado por 0-2 pelo Manchester United em Old Trafford, na quarta jornada da Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.