Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG, estava radiante com a (primeira) passagem do seu clube à final da Liga dos Campeões.

"Foi um jogo perfeito contra uma equipa difícil, estou orgulhoso dos nossos jogadores. Estamos lá, na final. Sinceramente é um sonho, espero que continue. É uma noite histórica. Nem consigo falar, é uma noite magnífica. Isto é para os adeptos, é uma alegria importante para mim e para eles. Mesmo que não estejam connosco, esta vitória é para eles. Estão à espera há muito tempo. Desde 2011, o nosso sonho tem sido a Champions League, estamos perto do nosso sonho. Eu disse-lhes: Fizemos um jogo magnífico contra o Leipzig, mas não podemos parar esta noite. Merecemos este troféu’", desabafou o líder do clube francês, no final do encontro.

O Paris Saint-Germain apurou-se hoje pela primeira vez para a final da Liga dos Campeões de futebol, ao vencer nas meias-finais o Leipzig por 3-0, em jogo das meias-finais disputado no estádio da Luz, em Lisboa.

Num encontro entre duas equipas com possibilidade de se estrearem na final, o PSG fez valer o seu maior estatuto e rapidamente construiu o triunfo, chegando ao intervalo a vencer já por 2-0, com golos de Marquinhos (13 minutos) e de Di Maria (42), tendo Bernat (56) anotado o tento que conferiu a tranquilidade total ao conjunto parisiense.

Na final, agendada para 23 de agosto, igualmente no estádio da Luz, o PSG vai medir forças com o vencedor do outro encontro das 'meias', a ser disputado, na quarta-feira, no estádio José Alvalade, entre Bayern de Munique e Olympique de Lyon.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.