O Sporting perdeu com o Real Madrid por 2-1, em jogo da 5.ª jornada do Grupo F da Liga dos Campeões. Varane e Benzema marcaram para os campeões da Europa, Adrien fez o tento dos ´leões`. A derrota deixa o Sporting fora dos oitavos-de-final da prova. Os ´leões` vão lugar com o Legia pelo 3.º lugar, que dá acesso à Liga Europa.

A missão era espinhosa. O adversário, de respeito. O Sporting precisava de vencer para alimentar o sonho de uma qualificação para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. O destino não estava nas mãos dos ´leões` mas a equipa foi à procura do milagre. Alvalade pintou-se com as cores dos seus filhos, com a exibição de posters gigantes com as caras de muitos jogadores ´made in Academia`, como Futre, Quaresma, Moutinho, Beto, Adrien, William e, claro está, Cristiano Ronaldo. Presentes estavam 50046 espetadores, um recorde de assistências em Alvalade.

No regresso à casa do filho pródigo, Ronaldo guiou as tropas de Zidane que procurava a confirmação dos ´oitavos` em Alvalade, depois de ter batido os ´leões` no Bernabéu por 2-1, com remontada já na parte final. Ramos voltou ao eixo defensivo, em troca com Nacho, na única alteração em relação ao onze que bateu o Atlético Madrid no fim-de-semana. Do lado do Sporting, Jesus escolheu o melhor onze, utilizando muitos dos jogadores que tinha poupado na quinta-feira para a Taça, frente ao Praiense.

Este jogo foi muito diferente do de Madrid. Os espanhóis, mais cautelosos, não foram surpreendidos pelo Sporting. Ronaldo deu o primeiro aviso daquilo que viria a seguir. Aos 28 minutos, um canto de Modric vai causar confusão na área leonina. Varane foi mais rápido que todos e, no meio da confusão, rematou para golo. Alvalade gelava, a temperatura baixava, assim como a noite que ia sendo cada vez mais fria.

Mas o ´leão` não se rendeu. Respondeu com autoridade, aos 33 minutos, quando Bruno César viu Sergio Ramos roubar-lhe um golo cantado, após brilhante jogada atacante. Aos 40´, Alvalade inteira pediu penálti por suposta falta de Marcelo sobre Gelson mas o árbitro, o William Collum da Escócia mandou jogar. A melhor oportunidade surgiu já quase ao intervalo, numa perda de bola infantil de Sergio Ramos. Bas Dost tinha caminho livre para a baliza mas perdeu tempo e tentou assistir Gelson que estava deslocado.

No regresso após intervalo, o Sporting apareceu com outra disposição, para dar a volta ao marcador e continuar com o sonho de se manter na elite europeia. Bruno César deu o aviso num desvio de cabeça após centro de Gelson mas tudo viria a complicar-se aos 64 minutos João Pereira borrou a pintura e foi expulso. O lateral agrediu Kovacic quando o jogo estava parado.

Jesus mexeu, fazendo entrar Joel Campbell, André e Schelotto nos lugares de Bryan Ruiz, Bas Dost e Bruno César. O jogo partiu-se, com o Real mais apostado no contra-ataque e o Sporting a tentar empatar. E foi premiado aos 81 minutos, numa grande penalidade convertida por Adrien Silva após mão na bola de Fábio Coentrão, entretanto entrou para o lugar de Marcelo.

Mas tudo foi por ´água abaixo` aos 87 minutos. Sergio Ramos cruzou, Benzema antecipou-se a Coates e desviou para o 2-1.

No outro jogo do grupo, houve golos para todos os gostos. O Borussia Dortmund venceu o Legia Varsóvia por 8-4 e continua na liderança, agora com 13 pontos, mais dois que o Real. Na próxima ronda os merengues podem terminar em primeiro se vencerem os alemães no Bernabéu. O Sporting joga fora com o Legia onde vai tentar manter o terceiro lugar, que dá acesso a Liga Europa. Basta um empate.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.