Na ressaca de um intenso jogo no Dragão (2-2), o Sporting recebe, esta terça-feira, o ‘todo poderoso’ Manchester City na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, que se prevê muito complicada para a formação lisboeta.

Apesar de não liderar o campeonato português - ao contrário do que acontece com o rival de Manchester - o Sporting apresenta-se como uma equipa capaz, equilibrada e estruturada, num sistema ‘3-4-3’ do qual Rúben Amorim não abdica, mas esta temporada já ‘pagou’ a inexperiência europeia (1-5 com o Ajax). Perante o Manchester City, as dificuldades serão maiores.

A formação inglesa, líder da Premier League, já perdeu algumas vezes esta época, mais precisamente cinco – com Paris Saint-Germain, Leipzig, Leicester, Tottenham e Crystal Palace. Contudo, quando olhamos para os números gerais, amedrontam qualquer adversário: 27 triunfos em 36 jogos oficiais.

Guia de Forma

Provavelmente com os portugueses e ex-benfiquistas Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva no ‘onze’, e sem o castigado Kyle Walker, o City vai, certamente, ‘mandar’ no jogo e procurar não levar a eliminatória por resolver para o Etihad, palco da segunda mão, em 09 de março.

Na equipa leonina, Pedro Gonçalves é a grande incógnita. Porém, já pode contar com o espanhol Pedro Porro, que não jogou no Dragão por castigo.

O City, que poderá não ter Gabriel Jesus, chega a Alvalade depois de uma goleada por 4-0 em Norwich, com um ‘hat-trick’ de Raheem Sterling e um tento de Phil Foden.

Histórico de confrontos

O Sporting eliminou o Manchester City na Liga Europa de 2011/12, graças aos golos fora, que já não são fator de desempate. A formação leonina, comandada na altura por Ricardo Sá Pinto, triunfou em casa por 1-0 e, na segunda mão, em Inglaterra, perdeu por 3-2.

O confronto de há uma década aconteceu nos oitavos de final da Liga Europa, na qual o City chegou depois de ‘cair’ da Liga dos Campeões, em que foi terceiro do Grupo A, atrás do Bayern Munique e do Nápoles.

Antes desse embate, os ingleses não deram hipóteses ao FC Porto nos 16 avos de final, vencendo por um total de 6-1, com uma vitória por 2-1 no Dragão, com reviravolta, e uma goleada por 4-0 no Etihad.

O Sporting venceu sete das 13 receções a emblemas ingleses nas competições europeias e apenas sofreu cinco golos, nunca dois no mesmo encontro. Os leões têm ainda um registo brilhante em confrontos com ingleses nas taças europeias de futebol, com oito apuramentos em 10 duelos, sendo que não é eliminado por um conjunto da Premier League há 52 anos.

Para encontrar a última vez que o Sporting foi afastado por um clube inglês é preciso recuar até 1969/70, temporada em que a formação de Alvalade ‘tombou’ perante o Arsenal na segunda ronda da Taça das Cidades com Feiras, antecessora da Taça UEFA.

O que dizem os treinadores

O treinador do Manchester City, Pep Guardiola, reconheceu que Portugal tem “um campo de recrutamento incrível”, deixando muitos elogios à formação lisboeta.

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, voltou a ser questionado sobre os incidentes ocorridos após o clássico no Dragão, garantindo que o que aconteceu "não terá influência nenhuma" no jogo contra os 'citizens'.

Acompanhe a 14.ª receção do Sporting a um clube inglês, neste caso o Manchester City no SAPO Desporto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.