O mítico Stadio Olímpico, em Roma, recebe esta quinta-feira, a partir das 17h45, a visita do FC Porto, com os dragões a defrontarem a Lazio depois da vitória por 2-1 conseguida na partida da primeira mão, há uma semana, no Estádio do Dragão.

Nesse encontro, a Lazio adiantou-se no marcador graças a um golo de Mattia Zaccagni, mas o FC Porto operou a reviravolta no marcador e acabou por vencer por 2-1, mercê de um bis do avançado espanhol Toni Martínez, que assim se estreou a marcar nas competições europeias.

E, para além dessa vantagem, o FC Porto ganhará ainda mais confiança se olhar para o facto de que venceu as duas últimas eliminatórias que disputou frente a adversários italianos, batendo Juventus (2020/21) e Roma (2018/19).

Histórico de encontros: Lazio nunca perdeu em casa com equipas portuguesas

Se o saldo mais recente é positivo, o histórico global de embates do FC Porto com equipas italiana nas provas europeias de clubes não o é: em 37 jogos os dragões venceram 12 e perderam 15, tendo empatado dez. E em solo italiano o registo dos azuis e brancos é de apenas quatro triunfos, quatro igualdades (uma delas já esta época, ante o AC Milan, para a Liga dos Campeões) e nove derrotas. No Stadio Olímpico, palco do encontro deste final de tarde, o registo é de uma vitória, uma derrota e um empate.

Sérgio Conceição à procura de mais um recorde no FC Porto
Sérgio Conceição à procura de mais um recorde no FC Porto
Ver artigo

Esse empate foi, precisamente, ante a Lazio, nas meias-finais da Taça UEFA de 2002/03, quando o FC Porto de José Mourinho afastou a Lazio de Roberto Mancini ao empatar sem golos na capital italiana depois ter vencido por 4-1 em casa. O Porto acabaria por conquistar o troféu nessa temporada.

O referido nulo com os dragões constitui a única ocasião em que a Lazio não venceu na receção a equipas portugueses, tendo triunfado nos outros cinco outros jogos que disputou em casa ante adversários lusos, o mais recente dos quais por 2-0 contra o Sporting CP, na fase de grupos da UEFA Europa League 2011/12.

O FC Porto apurou-se em sete das onze eliminatórias a duas mãos frente a adversários italianos, enquanto a Lazio se apurou em três das cinco que disputou até à data com adversários portugueses.

Momento de forma

A Lazio, que ocupa o 6.º lugar da Serie A italiana, não atravessa o melhor dos momentos em termos de resultados, tendo vencido apenas três das últimas sete partidas que disputou no conjunto de todas as competições. A jogar em casa, ainda assim, a formação romana ainda não perdeu em 2021.

A formação romana ainda não sofreu qualquer golo nos três jogos caseiros que disputou esta temporada nas competições europeias.

Toni Martínez: "O míster dá sempre oportunidades"
Toni Martínez: "O míster dá sempre oportunidades"
Ver artigo

O FC Porto, por seu lado, líder destacado da I Liga portuguesa, não perde há 14 jogos, desde o início de dezembro e nesse período somou 13 vitórias e um empate. Fora de portas, os dragões levam sete vitórias consecutivas e não perdem desde finais de novembro.

Os dragões, porém, não vencem fora numa fase a eliminar das competições europeias desde que bateram o Spartak Moscovo por 5-2 na segunda mão dos quartos-de-final de 2010/11, já lá vão 15 jogos (nos quais somaram quatro empates e 11 derrotas).

Mais um factor a dar ânimo ao Porto: os dragões venceram 35 das 43 eliminatórias europeias nas quais venceram em casa a partida da primeira mão, enquanto a Lazio venceu quatro e perdeu cinco das eliminatórias das competições europeias em foi derrotada fora de casa na primeira mão.

O que dizem os treinadores

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto: "Estamos a meio da eliminatória, temos mais 90 minutos para fazer. Sabemos que esta vantagem não serve de nada. Temos de entrar bem no jogo e sermos mais competentes do que fomos aqui na primeira parte. E vamos lá para ganhar o jogo. Nós não pensamos nisso. Olhamos para aquilo que são os 180 minutos. A nossa postura não tem de mudar. Sabemos que temos de marcar golos. Na postura da equipa, sim, podemos estar mais altos ou mais baixos, faz parte da estratégia de acordo. Mas a atitude é outra coisa, sabemos o que temos a fazer."

Maurizio Sarri, treinador da Lazio: "O jogo da primeira mão disse-nos que o jogo de amanhã será difícil, mas não é impossível dar a volta à eliminatória. Só temos de pensar no FC Porto e não no Nápoles [próxima jogo da Serie A]. Temos de ser mentalmente muito fortes e temos de ter muito cuidado, principalmente a defender. Temos qualidade para resolver o jogo a qualquer momento, mas temos de saber gerir os acontecimentos. A minha equipa deixou uma boa imagem em Udine, num jogo em que tivemos muitas dificuldades. Sinto que a equipa está a crescer".

O árbitro

Deniz Aytekin, árbitro alemão de 44 anos, foi o eleito pela UEFA para dirigir o encontro do FC Porto no terreno da Lazio, em Roma, na próxima quinta-feira, que decide o acesso aos oitavos de final da Liga Europa. A turma de Sérgio Conceição, recorde-se, vai levar na bagagem uma vantagem de 2-1.

Aytekin estará acompanhado pelos seus compatriotas Christian Dietz, Dominik Schaal (árbitros assistentes) e Martin Petersen (4.º árbitro), e irá dirigir uma partida do FC Porto pela segunda vez, depois de em dezembro de 2019 ter estado numa vitória dos azuis e brancos sobre o Feyenoord.

Esta temporada, o árbitro alemão já dirigiu um encontro da Lazio esta temporada, com o Marselha, o qual terminou com empate a zero e uma partida de uma equipa portuguesa, quando em dezembro apitou o triunfo por 2-0 do Benfica sobre o Dínamo Kiev.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.