Depois de vencer no reduto dos bósnios do Borac, na segunda pré-eliminatória da Liga Europa, por 2-0, com golos de Tarantini, aos 90, e Nikola Jambor, aos 90+6, o Rio Ave tem agora uma tarefa mais complicada para garantir o apuramento para o play-off de forma a juntar-se a Sporting de Braga e Benfica na fase de grupos.

Esta quinta-feira, os rioavistas enfrentam o Besiktas, na Turquia, em jogo a contar para a terceira pré-eliminatória da segunda competição europeia mais importante.

O Rio Ave chega a este jogo depois de empatar com o Tondela na primeira jornada do campeonato nacional de futebol para enfrentar um dos ‘grandes’ da Turquia, que também empatou no último encontro que disputou, frente ao Antalyaspor.

A equipa treinada por Mário Silva está a disputar pela quarta vez a Liga Europa e procura o segundo apuramento para a fase de grupos, de forma a repetir 2014/15. Em 2016/17, ficou na terceira pré-eliminatória e, em 2018/19, na segunda.

Já os turcos, que têm estado a passar por uma crise financeira, continuam a ser uma equipa temida na Turquia (foi terceiro classificado no último campeonato) e iniciou a sua campanha europeia nas fases preliminares da Liga dos Campeões, tendo caído para a Liga Europa depois de perder com o PAOK Salónica, por 3-1, ainda antes de o conjunto treinado pelo português Abel Ferreira repetir a façanha frente ao Benfica.

O primeiro embate de sempre entre o Rio Ave e o Besiktas está marcado para as 18h00 desta quinta-feira, no Vodafone Park, em Istambul.

O árbitro alemão Daniel Siebert foi o escolhido pela UEFA para apitar a partida. Esta é a primeira vez que o germânico arbitra um encontro dos vilacondenses. Siebert vai ser auxiliado por Jan Seidel e Rafael Foltyn. Florian Badstübner será o quarto árbitro.

A equipa

O Rio Ave, que já está na Turquia, não vai contar com o avançado angolano Gelson Dala. O atacante africano não recuperou de uma lesão no ombro direito, contraída na jornada inicial do campeonato nacional, frente ao Tondela, e não seguiu viagem com a restante comitiva, para a Turquia, num voo privado rumo a Istambul.

Além de Gelson Dala, o treinador do conjunto da foz do Ave, Mário Silva, também não pode contar para esta eliminatória frente ao Besiktas, com André Pereira, Junio Rocha, e Ronan, todos com problemas físicos.

Assim sendo, Mário Silva levou Kieszek, Léo Vieira e Carlos Alves para a baliza; Ivo Pinto, Santos, Borevkovic, Matheus Reis, Nélson Monte, Pedro Amaral e Costinha para a defesa; Filipe Augusto, Tarantini, Francisco Geraldes, Diego Lopes, Lucas Piazon, Jambor e Meshino para o miolo e Carlos Mané, Bruno Moreira e Carlos Mané para a frente de ataque.

"Este jogo é como uma final, e aí não há favoritos"

O treinador adjunto do Rio Ave Augusto Gama considerou que "não há favoritos" na partida desta quinta-feira, frente aos turcos do Besiktas, da terceira eliminatória da fase de acesso à Liga Europa de futebol.

"Este jogo é como uma final, e aí não há favoritos. Sendo uma partida disputada a uma só mão, antecipo que será equilibrada", disse o adjunto do conjunto vila-condense, que foi o porta voz do grupo na antevisão ao desafio, uma vez que o técnico Mário Silva não tem, ainda, o nível exigido pela UEFA.

Augusto Gama não considera que a ausência dos "fervorosos adeptos do Besiktas" nas bancadas possa ser uma vantagem para o Rio Ave, lembrando a experiência europeia do conjunto vila-condense na Liga Europa, com quatro presenças nos últimos seis anos.

"É um desafio grande para o Rio Ave, mas gostamos de estar nestes palcos e já não somos inexperientes nestas andanças. Queremos seguir e frente nesta eliminatória e, mesmo sabendo que vamos defrontar um adversário valoroso, iremos entrar no jogo com ambição", disse Augusto Gama.

O técnico do adjunto da equipa da foz do Ave garantiu, ainda, que a adaptação aos métodos de trabalho do novo treinador Mário Silva "tem corrido bem", mostrando-se satisfeito pela resposta da equipa, apesar da carga de jogos a que tem sido sujeita.

"Temos gerido bem o esforço com trabalho adequado para estas situações. A equipa tem demonstrado que está bem nos jogos, e nas segundas partes não tem caído. Temos sempre procurado um bom resultado e os jogadores têm dado o máximo", disse Augusto Gama.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.