O treinador do Estoril-Praia, Marco Silva, considerou que a vitória frente ao FC Pasching foi justa, só tendo pecado por escassa.

«Foi uma vitória justíssima, mas se fosse mais dilatado seria mais justo. Na segunda parte podíamos ter dado outro colorido ao marcador. Fomos superiores e vamos à Áustria com otimismo. É um resultado que dá boa margem, queremos encarar de forma séria a segunda mão. Demos um passo importante. Não fomos eficazes no segundo tempo, mas estou muito confiante para a segunda não. Neste momento, com 2-0, o favoritismo é nosso. Mas vai ser complicado. O Pasching tem um jogo muito físico e nós temos de combater isso com a nossa qualidade, com a nossa identidade», disse o técnico em conferência de imprensa após o encontro.

O Estoril-Praia parte para a Áustria a 29 de agosto com um lugar praticamente garantido na fase de grupos da Liga Europa, algo inédito na história do clube que há duas épocas estava na II Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.