A polícia da capital russa deteve hoje 20 adeptos do Spartak Moscovo, ainda antes do início do jogo contra o FC Porto, da segunda mão dos quartos-de-final da Liga Europa de futebol.

«Foram detidos 20 adeptos do Spartak devido a diferentes violações da lei no complexo desportivo de Lujniki», declarou Viatcheslav Khaustov, comandante do grupo operativo de segurança da polícia.

A polícia mobilizou mais de mil agentes para manter a ordem nos arredores e dentro do estádio onde se defrontaram Spartak e FC Porto, com os "dragões" a saírem novamente vitoriosos,desta feita por 5-2, vencendo a eliminatória com um total de 10-3.

Durante a primeira parte do jogo, a direcção do estádio apelou aos adeptos russos para não lançarem "very-lights", nem outros objectos estranhos para o relvado, pois, caso contrário, o árbitro ameaçava suspender o jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.