Depois do apito final no empate a duas bolas do Benfica com o Rangers, Steven Gerrard, técnico dos escoceses, dirigiu-se ao banco do Benfica para o habitual cumprimento entre treinadores, mas uma atitude de Jorge Jesus não terá caído bem ao ex-jogador do Liverpool.

Não é percetível o que Jorge Jesus terá dito ou feito, mas o técnico do Rangers não ficou nada contente com a situação, obrigando à entrada de 'reforços' para acalmar a situação.

Rui Costa, vice-presidente do Benfica, dirigiu-se a Gerrard para justificar o sucedido e acalmar os ânimos do técnico tendo, inclusive, apertado as bochechas de 'Stevie', num momento de descontração entre os dois antigos jogadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.