O Lyon venceu o Marselha, por 2-1, em jogo correspondente à 14ª jornada da Liga francesa de futebol, que tinha sido interrompido devido a uma garrafa lançada das bancadas, que atingiu o jogador Dimitri Payet.

Mattéo Guendouzi abriu o marcador para o Marselha, aos 10 minutos, ao desviar de cabeça a bola junto ao poste, proveniente de um pontapé de canto executado por Dimitri Payet.

No entanto, o Lyon, que teve o guarda-redes português Anthony Lopes na baliza, daria a volta ao marcador no último quarto de hora, com destaque para o internacional suíço Xherdan Shaqiri, que empatou aos 76, com uma ‘cabeçada’ ao canto direito do Marselha, na sequência de um cruzamento do lateral direito Malo Gusto, e assistiu para o golo da vitória marcado, aos 89, pelo avançado Moussa Dembélé, lançado em campo aos 64.

Com o acerto na classificação após este jogo em atraso, o Paris Saint-Germain segue confortavelmente na liderança, ao fim de 22 jornadas, com 53 pontos, seguido do Nice, com 42, do Marselha, com 40, do Estrasburgo, com 35, e de um trio formado por Rennes, Montpellier e Lyon, respetivamente quinto, sexto e sétimo classificados, todos com 34.

O jogo da 14ª jornada entre o Lyon e Marselha tinha sido interrompido logo aos cinco minutos, depois de Dimitri Payet ter sido atingido por uma garrafa de água atirada das bancadas, quando se aprestava para cobrar um pontapé de canto.

Ao fim de mais de uma hora de espera foi anunciado que o jogo iria ser retomado, os jogadores do Lyon subiram ao relvado para aquecer, mas os do Marselha não, e após novo período de espera foi finalmente anunciado que o jogo já não iria ser reatado.

O agressor do jogador, um homem de 32 anos, foi, entretanto, condenado a seis meses de prisão com pena suspensa e impedido de ir ao estádio do Lyon durante cinco anos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.