O Montpellier sagrou-se campeão francês pela primeira vez na sua história ao derrotar fora de casa, neste domingo, o Auxerre por 2-1 na última jornada da Ligue 1.

Num jogo que foi interrompido várias vezes, devido a incidentes com uma das claques do Auxerre, a equipa de René Girard começou o encontro com um susto, quando Olivier Kapo abriu o marcador para o Auxerre aos 20’ minutos de jogo.

Apesar da contrariedade, o avançado nigeriano John Utaka bisou no encontro e deu a vitória ao Montpellier.

A vitória foi ainda mais conturbada porque a partida sofreu diversas interrupções no segundo tempo, quando os adeptos do Auxerre lançaram objetos sobre o relvado do estádio Abbé-Deschamps para manifestar sua revolta com a descida de divisão do clube, que terminou o campeonato no última lugar.

O Montpellier terminou a temporada com três pontos de vantagem sobre o Paris Saint-Germain, que fez a sua parte ao superar por 2-1 o Lorient, mas ficou na vice-liderança apesar de ter investido mais de 100 milhões de euros em contratações.

O título do Montpellier foi uma grande surpresa, já que o clube tem apenas o 13º orçamento do Campeonato Francês com 36 milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.