Neymar não faz parte dos planos do PSG para a próxima temporada, segundo o jornal El País, e o jogador e o pai (agente) já terão sido notificados das intenções dos campeões franceses.

Ainda de acordo com o diário espanhol, Kylian Mbappé terá sido o responsável por essa decisão, entendendo que o colega de equipa não se esforça o suficiente, revelando ainda ser "nocivo" para o balneário, além de "pouco profissional".

O avançado francês, que "ganhou" poder diretivos e de gestão de plantel após a renovação com o PSG, quer ser o centro do projeto do emblema parisiense.

Neymar, contratado em 2017 pelo PSG a troco de 222 milhões de euros (a mais cara de sempre), esteve quase a sair para o Barcelona na época passada, mas a direção francesa travou as intenções do internacional canarinho, que já nessa altura entrou em conflito com o clube por não se apresentar nos treinos no início da época.

Thiago Silva, jogador do Chelsea e companheiro de Neymar na seleção, confessou que gostaria de o ver ao seu lado em Stamford Bridge.

"Tem de ir para o Chelsea. Se acontecer, vai ser o melhor possível. Ele dispensa comentários. Até ao momento, não sei de nada, mas espero que se concretize", atirou Silva.

Neymar tem vínculo com o PSG até 2025 e apenas aceitaria sair do clube se recebesse os valores salariais correspondentes até esse ano, um montante que rondará os 200 milhões de euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.