Kylian Mbappé não gostou nada de ter sido substituído na goleada do PSG sobre o Montpellier, por 5-0. Imagens recolhidas da bancada mostram bem o descontentamento do avançado perante o treinador Thomas Tuchel.

No final da partida, o técnico alemão admitiu estar "triste" com a situação. "Não foram imagens bonitas. Não estou chateado, mas sim triste, porque não era necessário. Eu é que sou o treinador, não o Mbappé. Não jogamos ténis, é futebol. Devemos respeitar todos", avisou o treinador do PSG, em conferência de imprensa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.