O Ferroviário de Maputo está em renovação e corolário disso foi a vitória desta tarde no jogo diante do Maxaquene, a contar para o jogo de acerto do calendário, concretamente da 13ª jornada do Moçambola 2013.

A vitória teve o condão de travar o avanço dos «tricolores» no topo da tabela classificativa e tirar os «locomotivas» da posição incómoda em que se encontravam, visto que a entrada desta ronda ocupavam a 13ª posição com 13 pontos, tendo saltado para a oitava posição com 16 pontos.

A dupla técnica Danito Nhapossa e Victor Magaia alcançaram a primeira grande vitória neste período de transição e poderão entregar a equipa ao novo treinador numa posição menos incómoda.

Durante os 90 minutos do jogo decorrido no Estádio da Machava, o equilíbrio acabou sendo a nota dominante tendo o jogo ganho outra dinâmica na segunda parte, onde a equipa da casa fez um pouco de tudo para sair vitoriosa.

O único golo da partida surgiu da cobrança de uma grande penalidade duvidosa, visto que a mão de Calima não foi intencional.

O capitão Whisky na cobrança não perdoou fazendo desta forma o um a zero resultado que nunca se alterou. A festa foi grande dos adeptos «locomotivas» que respiravam assim de alívio, pois a equipa deixava assim uma posição incómoda na tabela classificativa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.