A Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) multou a Federação Angolana de Futebol em 7000 dólares, confirmou à Lusa o vice-presidente do órgão reitor do futebol angolano José Carlos Miguel.

Em causa está a invasão do relvado por adeptos no jogo entre a seleção angolana, orientada pelo português Pedro Gonçalves, e o Egito, de Carlos Queiroz, da quinta jornada da qualificação para o Mundial de 2022.

A invasão ocorreu devido a presença em campo do jogador do egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, num encontro disputado em 12 de novembro de 2021, no estádio 11 de Novembro, em Luanda.

Angola falhou o apuramento para o Mundial2022, ao terminar na última posição do grupo F, com cinco pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.