Dinamarca e Tunísia empataram esta terça-feira sem golos no jogo inaugural do Grupo D do Mundial 2022, do qual também fazem parte França e Austrália.

Apesar do nulo final, houve oportunidades de golo para ambos os lados e ambas as seleções até chegaram a colocar a bola no fundo das redes contrárias, em lances posteriormente invalidados.

Sem o lateral direito do Benfica, Alexander Bah, que ficou no banco, a Dinamarca sentiu dificuldades no primeiro tempo. Com transições rápidas, os tunisinos foram ameaçando e pensaram que tinham ganho vantagem aos 28 minutos, quando Jebali, isolado, bateu Kasper Schmeichel, mas estava em posição irregular.

O mesmo Jebali, desta feita em posição legal, quase marcou a valer em cima do intervalo, mas aí valeu à Dinamarca uma defesa fantástica de Schmeichel.

A Dinamarca cresceu no segundo tempo e foi a sua vez de ver um golo anulado. Skov Olsen marcou, mas o lance foi invalidado também por fora de jogo, mas de Darmsgaard no início do lance.

De volta às grandes competições depois do sucedido há um ano e meio no EURO2020, Eriksen também ameaçou, mas foio Cornelius a desperdiçar a melhor ocasião de golo da seleção europeia, numa cabeçada quase em cima da linha de golo que esbarrou no poste.

A Dinamarca continuou a pressionar até ao apito final, mas o marcador não mexeu mesmo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.