Na antevisão do jogo com Portugal, Gianni de Biasi, selecionador do Azerbaijão disse, em tom de brincadeira, que se não fosse ele, Fernando Santos não seria selecionador de Portugal, logo, o timoneiro da seleção nacional devia-lhe uma garrafa de vinho do Porto.

"Gostaria de lembrar que Fernando Santos ainda me deve uma garrafa de vinho do Porto, porque se tornou selecionador [de Portugal] graças a mim e depois foi campeão europeu [em 2016]. [O jogo] foi no dia 07 de setembro de 2014", recordou.

Esta terça-feira, Fernando Santos foi questionado sobre a dívida.

"Ele já me tinha dito isso lá [no jogo da primeira volta], não lhe devo nada, que saiba. Mas se ele estiver muito interessado numa garrafa de vinho do Porto, qualquer dia mando-lhe uma", disse Fernando Santos na zona de entrevistas rápidas.

A seleção portuguesa de futebol somou esta terça-feira a quarta vitória em cinco jogos no Grupo A de apuramento para o Mundial de 2022, ao vencer o Azerbaijão por 3-0, em encontro da sexta jornada, disputado em Baku. Bernardo Silva, aos 26 minutos, André Silva, aos 31, e Diogo Jota, aos 75, apontaram os tentos da formação lusa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.