Fernando Santos, selecionador nacional, antecipou a estreia no Campeonato do Mundo frente ao Gana.

Sente que a mentalidade dos jogadores está melhor do que no Mundial de 2018. Isso é um ponto essencial para se fazer melhor? "É o fundamental. A única palavra que está escrita na sala de palestras, é a palavra 'nós'. Os jogadores é que sabem o que é fundamental. É o ponto de partida. Em 2018 chegaram seis ou sete jogadores sem clube. Apesar do ambiente ser igual, havia jogadores que estavam a renovar contrato [com os clubes], outros que não sabiam se ficavam. Vi um a falar com o chefe de segurança da guarda a falar sobre o mesmo assunto durante muito tempo. Em 2021, a covid-19 ainda criou dificuldades, mas agora há muito que não via todos sentados ali. Essa é a massa que vai dar alegria e confiança e nos treinos é muito notória essa alegria, essa vivacidade, esse foco. Esta espontaneidade e alegria que espero que eles possam colocar em campo."

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

Se Portugal não conseguir vencer o mundial, o que é um Mundial aceitável? "Coloquei um target, é de dificuldade. Propomo-nos a dar a maior alegria aos portugueses. Vamos dar o máximo, com muito alegria, muito prazer. Sentimos o apoio fantástico dos portugueses. Quando começar amanhã as praças vão estar cheias, o que nos move é dar uma grande alegria aos portugueses."

Questão dos Direitos Humanos: "Sou um grande defensor, há muitos anos, da liberdade, democracia e direitos humanos. Ainda há uma semana fiz um vídeo. Mas há outras questões que não têm a ver comigo, burocráticas, da FIFA."

Quem é que vai sair do onze para a entrada de Ronaldo depois a exibição frente à Nigéria? "Fizemos uma muita boa exibição, 35 minutos muito bons. Fizemos algumas falhas desnecessárias. Amanhã vou-te responder a essa questão seguramente."

Importante entrar a vencer, depois de Portugal não o ter conseguido nos últimos Campeonatos do Mundo: "Temos que ter essa atenção, Esta equipa do Gana é muito organizada. Neste último jogo com a Suíça, a equipa mostrou estar super organizada nos vários momentos do jogo. Têm uma equipa com muita qualidade e temos que pensar em nós. Temos que potenciar as nossas capacidades e caraterísticas."

Foco no jogo e com a dúvida Nuno Mendes: "Todos estão em condições, vamos ver hoje o Nuno, que ontem não treinou. Desfrutando desse conforto, sem perder o foco, queremos fazer um grande jogo."

Portugal e Gana jogam na quinta-feira, às 19:00 locais (16:00 em Lisboa), no Estádio 974, em Doha, em jogo do Grupo H do Mundial2022.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.