A Alemanha, ao perder hoje com o Japão (2-1) no Mundial2022 de futebol, registou pela primeira vez na sua história três derrotas em quatro jogos seguidos de Campeonato do Mundo e, pela terceira vez, viveu dois desaires consecutivos.

Após o desastroso Mundial de 2018, na Rússia, o pior de sempre dos germânicos, a Alemanha começou mal a competição no Qatar, com um inesperado desaire frente ao Japão, com os nipónicos a darem a volta ao marcador na segunda parte.

Desde o triunfo no Campeonato do Mundo no Brasil, o quarto troféu da sua história, numa prova em que venceu todos os jogos (dois após prolongamento, incluindo a final com a Argentina, por 1-0), a seleção germânica tem vivido momentos bem difíceis, acrescidos hoje com o tal desaire no Estádio Internacional Khalifa, em Doha.

Nunca a Alemanha tinha sofrido três derrotas em tão pouco espaço de jogos e é preciso recuar ao final dos anos 70 e início dos anos 80 para encontrar a última vez que caiu duas vezes seguidas.

Como Alemanha Ocidental, os germânicos despediram-se do Mundial1978 (Argentina) com uma derrota com a Áustria (3-2) e iniciaram o Mundial1982 (Espanha) com novo desaire, por 2-1, perante a Argélia.

No Mundial1958 (Suécia), a Alemanha Ocidental terminou no quarto posto, mas despediu-se da competição com desaires frente a Suécia (3-1) e França (6-3).

A derrota com o Japão acontece quatro anos após o pior Campeonato do Mundo de sempre na Alemanha, quando terminou no último lugar do Grupo F, após desaires com México (1-0) e Coreia do Sul (2-0) e um triunfo sobre a Suécia (2-1).

Aliás, os germânicos sofrem dois desaires seguidos perante rivais asiáticos: Coreia do Sul, em 2018, e agora Japão.

Mas a ‘maldição’ do Mundial do Brasil (como alguns lhe chamam) não fica apenas pela mais importante prova de seleções e engloba igualmente o Europeu e a não tanto prestigiada Liga das Nações.

Com a derrota com os nipónicos, a Alemanha somou o terceiro desaire seguido em jogos de estreia em grandes provas, após México (1-0 no Mundial2018) e França (1-0 no Euro2020, em Munique).

No Europeu, que decorreu em 2021 devido à pandemia da covid-19, a Alemanha até passou a fase de grupos, mas acabou derrotada pela Inglaterra nos oitavos de final (2-0).

Na Liga das Nações, logo na primeira edição, em 2018/19, a Alemanha foi relegada para a Liga B, mas a mudança de estrutura da competição ‘salvou’ a ‘Mannschaft’, acabando por nunca conseguir chegar à fase final nas restantes duas edições.

No Mundial2022, na segunda jornada do Grupo E, a Alemanha defronta a Espanha, equipa que ‘esmagou’ a Costa Rica, por 7-0, situação que coloca ainda mais pressão sobre os germânicos, obrigados a ganhar, sabendo que, novo desaire, deixará o selecionador Hansi Flick e o seu grupo de jogadores como os piores de sempre do seu país.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.