Despedido do Tottenham, após cinco anos à frente do clube londrino, Mauricio Pochettino é um dos nomes em cima da mesa para substituir Unai Emery, que também foi despedido, mas do Arsenal.

Segundo a edição deste domingo do jornal The Telegraph, o treinador argentino foi encorajado pelos amigos a recusar o convite dos 'gunners', caso ela surja na realidade, até porque foi o próprio Pochettino que uma vez confessou que nunca iria treinar a equipa rival da capital inglesa.

Fontes próximas do treinador aconselharam-no a esperar por convites de outros clubes, até para não beliscar o seu legado no Tottenham.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.