Adam Lallana saiu do Liverpool no final da última época, para rumar ao Brighton, mas continua a seguir de perto a realidade dos 'Reds' e mostra-se definitivamente rendido a Diogo Jota e à forma como este começou, desde logo, a mostrar as suas capacidades num clube daquela dimensão.

"Já demonstrou o valor que tem. Eu, quando cheguei ao Liverpool, demorei entre um ano e 18 meses a adaptar-me, mas ele já o conseguiu", salientou o médio internacional inglês de 32 anos, que vestiu a camisola do clube durante seis temporadas.

Diogo Jota já fez história no Liverpool: marcou o golo 10 mil da história dos 'reds' e clube assinalou o feito
Diogo Jota já fez história no Liverpool: marcou o golo 10 mil da história dos 'reds' e clube assinalou o feito
Ver artigo

Também Peter Crouch, agora retirado dos relvados mas que deu cartas no ataque dos 'Reds' se pronunciou sobre o português. O antigo avançado começou por salientar que "todas as contratações recentes foram de primeira classe", mas deixou depois algumas palavras a Diogo Jota em particular.

"É um jogador de classe. É muito trabalhador e quer pressionar, que é o que eles adoram fazer no ataque. Aquele tridente ofensivo tem sido muito bom nos últimos anos, mas existe sempre a possibilidade de ser ainda melhor", referiu, antes de dizer que Jota pode ameaçar a titularidade de um dos 'consagrados'.

"Jota é um grande complemento. Chegou e colocou pressão em alguns. Ouvi bastantes adeptos do Liverpool a dizer que, talvez, Mané possa perder preponderância, com Jota na esquerda, Salah na direita e Minamino a pressionar Firmino por um lugar na equipa", assinalou Crouch em declarações prestadas ao jornal 'Mirror'.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.